Traduza este blog

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013



Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR! Bendito o homem que confia no SENHOR, e cuja confiança é o SENHOR. Jeremias 17:5,7

O profeta Jeremias deixa bem claro aquilo que todo cristão já deveria saber: a nossa confiança deve estar em Deus e jamais no homem. Nenhum homem merece que deixemos de servir a Cristo, de trilhar Seus passos para segui-lo.  O único digno de que abandonemos nossos projetos é o Senhor Jesus. Observe que nestes versículos o profeta usa duas palavras antônimas: maldito e bendito. Essa oposição mostra as diferentes consequências na vida do  homem  que escolhe confiar no Senhor e  do escolhe confiar em homens. O Senhor não falha, ainda que retarde as Suas promessas, ao contrário do homem que é falível.
A Bíblia deixa claro que o homem colhe o resultado de suas escolhas. Ele pode escolher entre ser uma árvore plantada junto ao ribeiro, desfrutando da fonte inesgotável ou ser uma planta seca longe do manancial. Aquele confia no homem e se afasta de Deus, é semelhante a uma planta no deserto. Torna-se solitário, porque desligou do seu próprio Criador e não há quem possa preencher o vazio provocado por essa distância. Cortada a fonte de vida, não há como se sustentar, ou se firmar. Mas a pessoa que confia em Deus é como árvore com raízes profundas, sempre irrigadas na beira de um rio. Ainda que pareça solitário, ou que enfrente dificuldades, jamais será abalada, porque recebe a seiva de vida e o cuidado  de seu Criador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!