Traduza este blog

quinta-feira, 15 de novembro de 2012


“Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que faço coisa nova; logo vira à luz. Não o conheces? Outra vez abrirei caminho no deserto e rios no ermo” (Isaías 43:18,19)

 O profeta Isaías nos dá uma lição de sabedoria para crescermos na vida cristã, considerando que ela é caracterizada pela superação de obstáculos. A chave é não vivermos no passado. Ele deve ser deixado na cruz. Não importa o que ele tenha sido. A Bíblia nos ensina que nossos pecados, quedas, traições, dores, rejeições, derrotas, feridas, incertezas e maldições já foram sofridas por Jesus na cruz do Calvário em nosso lugar. Não precisamos carregar mais esse peso, pois ele já foi carregado por Jesus.  Devemos deixar Jesus resolver e eliminar os problemas do passado, pela transformação e renovação do nosso entendimento, conforme orienta o apóstolo Paulo em Romanos 12:2. O passado não pode ser mudado, mas pode servir de exemplo para que evitemos erros e aprendamos a lidar com as circunstâncias sem permitir que elas nos abatam. Assim, firmes em Jesus podemos transformar as pedras de tropeço, o mal que nos fazem em degraus  que nos impulsionam ao sucesso. O rancor e ressentimento não podem fazer parte da vida de um cristão.  Um erro que o cristão não deve cometer é o de atribuir a culpa de seus problemas atuais aos outros ou a acontecimentos passados em vez de assumir que chama para si as consequências de  suas escolhas pessoais.  Nossos problemas não podem ser atribuídos à hereditariedade, aos nossos  pais, irmãos ou aos colegas. Alguns deles podem de fato ser o resultado das coisas que aconteceram na nossa infância ou algum outro momento no passado, pois somos, até certo ponto, produtos do nosso meio, mas o Senhor pode nos ajudar a superar quaisquer problemas causados por mágoas passadas. Não podemos deixar o passado  controlar  nossa vida, ou nos influenciar emocional, mental ou espiritualmente. A palavra de Deus nos ensina a viver novidade de Cristo e a abraçar a oportunidade do recomeço, porque “se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (2 Co 5:17).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!