Traduza este blog

quarta-feira, 30 de maio de 2012


“… Alegrai-vos na esperança…”. Romanos 12:12

Precisamos nos lembrar que Deus nunca se atrasa ou deixa de cumprir as suas promessas, por isso o salmista nos ensina “Espera no SENHOR, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no SENHOR.”(Salmos 27:14). Esperar com paciência, portanto, é aguardar,  sem reclamar. Todavia, é preciso clamar, sem parar, a fim de receber  a intervenção de Deus, colocando-O no centro de nossas decisões. Esperar é confiar em Deus. Aqueles  que esperam no Senhor têm o coração fortalecido  e são facilmente reconhecidos, porque apresentam  características que os identificam como  portadores da promessa. Quem espera com paciência no Senhor consegue ver o que Deus tem lhes reservado, pois a Bíblia diz em  I Coríntios 2:9 “Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam.” Assim, se controlamos nossa ansiedade, o Pai nos dará o ânimo necessário e a vitória como consequência, garante Paulo em Hebreus 6:15 “E assim, esperando com paciência, alcançou a promessa”.  Contudo, se esperamos pacientemente, muitas vezes suportando infortúnios, sem nos queixar ou atropelar a ação de Deus, com toda certeza obteremos de Deus a resposta no tempo certo, do modo como ensina Paulo aos Romanos 12:12 Diz: “… sede paciente na tribulação persevere na oração”. Jamais devemos decidir algo sob o impacto das emoções, pois toda atitude intempestiva, toda decisão precipitada nos causa mais dores e mais problemas. Em todas as áreas de nossas vidas devemos agir com a direção do Espírito Santo sem nos deixar conduzir por nossos sentimentos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!