Traduza este blog

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Bem-aventurado o povo ao qual assim acontece; bem-aventurado é o povo cujo Deus é o SENHOR. (Salmo 144:15)






Amado(a), as pessoas se organizam em sociedade para viverem melhor, elegem seus representantes ou aceitam seus soberanos para que tenham uma vida organizada regida por leis e costumes com a finalidade de viverem em harmonia. Em tese, é o que se pretende. Todavia, desde o início, a humanidade não tem se comportado com sabedoria porque nem todos colocam Deus como soberano e se corrompem em sua organização. Muitos, em nome de Deus, provocam guerras e dissensões. Outros crescem em seus ufanismos e egoísmos e se esquecem do Criador. Mas quando damos a Deus a honra e a primícia de nosso tempo, certamente colhemos os frutos dessa atitude. Não há governo que dure para sempre, não há nação que sobreviva em poder e glória eterna, assim tem demonstrado a História. As nações poderosas de uma época hoje não passam de registros em livros. Mas aquela que tem Deus como Senhor, certamente conhecerá a Sua glória. Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor. Feliz é o povo que escolhe servir ao Altíssimo. Feliz é o homem que não se deixa corromper pelos deuses deste século. Feliz é a família que se sustenta na palavra de Deus.

Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!