Traduza este blog

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Palavra Viva: o alimento diário da fé




“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.” (I João 1:9)


Amado (a),
Intrigante como é difícil a confissão de pecados mesmo que para Deus. E como também é difícil valorizar este versículo. Não há como ter comunhão com Deus se houver sujeira em nossa vida. Não há como ver ao nosso Pai se não nos santificarmos. É necessária a confissão diária para não permitir afastamento de Deus para proporcionar limpeza em nossas vidas. A cada confissão proporcionamos às nossas vidas purificação das ações erradas e de nossas falhas. Como conseqüência disso, a cada dia, nossas falhas ficarão mais esparsas e longínquas e nossas vidas mais puras e santificadas. Mas este não parece ser um hábito comum no meio cristão. Às vezes dizemos: “Pai nos perdoe pelos nossos pecados”, mas sequer mencionamos que pecados. Mas se precisamos ser perdoados e purificados pelas falhas, isso deve ser pontuado e dado nome a cada falha diante do Pai. Não devemos desprezar este versículo, mas sim executá-lo diariamente em nossas vidas.

Deus lhe abençoe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!