Traduza este blog

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Andando eu no meio da angústia, tu me reviverás; estenderás a tua mão contra a ira dos meus inimigos, e a tua destra me salvará. (138:7)





Amado(a), esse versículo mostra a confiança do salmista para com o Senhor. Ele tem certeza de que, mesmo passando por lutas, mesmo e3nfrentando o vale da sombra d morte, nosso Deus jamais deixa de estender Sua mão e acolher àquele que por Ele clama. Não estamos livres de angústias e de sofrimentos. Jesus afirmou que neste mundo teríamos aflições, contudo, pela graça e misericórdia, sabemos que Ele estará conosco até a consumação dos séculos. É certo que teremos inimigos de toda ordem, inimigos visíveis e invisíveis, mas a mão do Senhor está sobre nós para nos proteger com escudo e sobre aqueles que nos afrontam para afastá-los. A mão poderosa do Senhor é a nossa força. Diante dela nada há que possa nos assombrar. E é disso que precisamos saber para revigorar nosso ânimo e nos mantermos de pé ante as tempestades. É sob essa proteção que nos sustentamos e nos apoiamos, seguros de que “Se Deus é por nós, quem poderá ser contra?”. Quando enfrentamos desafios e nossos inimigos se insurgem contra nós, desafiando nossos limites é em Deus que devemos buscar refúgio, porque com Ele tudo passa e o melhor disso é que saímos fortalecidos e revigorados para enfrentar de cabeça erguida aqueles que nos incomodam.
Amado(a), não importa de que forma seu inimigo se apresenta. Ele pode vir no âmbito doméstico, pode vir na esfera profissional, sentimental, emocional, ou até mesmo vir de dentro de você: seus medos, traumas e frustrações. Mas o certo é que, pelo sangue de Jesus todos eles já foram vencidos. Tome posse e uma atitude de herdeiro. Saia da acomodação e da murmuração. Você é vitorioso(a), acredite!
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!