Traduza este blog

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Ora, para que saibais que o Filho do homem tem na terra poder para perdoar pecados (disse ao paralítico), A ti te digo: Levanta-te, toma o teu leito, e vai para tua casa. Marcos 2:10,11

Marcos relata a volta de Jesus à Galileia, ocasião em que além de outros realizou o milagre da cura de um homem paralitico levado em seu leito até Ele estava. O Evangelho registra que ele foi conduzido por outros quatro homens que não podendo entrar na casa por causa da multidão, desceram-no pelo telhado. Ao usar a expressão “tomando logo o seu leito se levantou” deixa claro que a cura foi imediata e visível. Mas dentre aquela multidão ali reunida, assim como nas reuniões atuais, havia todo tipo de pessoas. Alguns foram ouvir Jesus, certos de que a Sua Palavra era alimento para o espírito e lhes daria refrigério. Havia os amigos e familiares do dono da casa que poderiam estar ali por acaso, ou levados para conhecer o palestrante. Havia os que levavam as pessoas até Jesus, como os quatro homens que levaram o paralítico, os obreiros que doam seu tempo para servir a Deus. Mas havia também os que foram por conta própria sem convite, estavam ali por acaso, ou movidos pelo desejo que criticar, julgar e condenar os que buscam o Senhor. Estava ali os perseguidores do próprio Jesus, aguardando o momento em que O pegariam em algum erro. Certamente, Marcos escolheu esse episódio, dentre tantos outros milagres presenciados, para nos mostrar que Jesus veio para nos libertar por inteiro. O paralitico de Cafarnaum era prisioneiro do pecado e da doença. Não bastava devolver-lhe a saúde física se sua condição espiritual era a causa de todos os seus males. Por isso, a declaração de perdão antecedeu à cura. Mas há outra lição a ser destacada nessa passagem: a importância da intercessão, simbolizada pela perseverança dos homens que carregaram o amigo sob a maca.  Com esse episódio, aprendemos que Jesus tem o poder de nos perdoar, seja qual for nosso seu pecado.

Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto. Salmos 32:1 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!